Sobre a unidade - Instituição Toledo de Ensino

Sobre a unidade

Fundador


ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO (1901 - 1978)

"Tenho comigo a decidida vocação de realizar"

Essa frase do saudoso Professor Antônio Eufrásio de Toledo nos dá a verdadeira dimensão de quem foi ao longo de toda sua trajetória de vida profissional e também familiar.

Nascido a 25 de outubro de 1901, em Cambuí (MG), filho de José Eufrásio de Toledo - militar da antiga polícia de Minas Gerais, Promotor Público e ex-combatente na Guerra do Paraguai - e da professora Ana Vieira da Costa Toledo, viveu numa família numerosa.
Casou-se aos 22 anos com Maria do Carmo Leite, então com 17 anos, na cidade de Juiz de Fora (MG). Antes de chegar a Bauru (SP) e tornar-se pioneiro no Ensino Superior em todo o interior do Estado de São Paulo, o educador Antônio Eufrásio de Toledo participou, dentre outros, do maior movimento cívico da história do Brasil, a revolução de 30, posicionando-se contra a ditadura de Getúlio Vargas e ao lado de Washington Luís.
Com a ascensão de Getúlio, sofreu represálias pelo seu posicionamento. Teve residência e jornal de sua propriedade incendiados, sofrendo terrível perseguição política na defesa pelos ideais democráticos e por uma sociedade mais igualitária e com justiça social.
O Prof. Antônio Eufrásio Toledo foi preso duas vezes: primeiro na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, e mais tarde em Juiz de Fora. Foram três anos de detenção como preso político, defendendo sempre suas convicções.

A sua trajetória como educador começou como professor do Colégio Grambery, na cidade de Juiz de Fora (MG). Ainda no mesmo Estado, foi diretor de uma escola em Paraisópolis. Mas foi em Ouro Fino que construiu seu próprio colégio, o internato Guararapes.
A sua vinda a Bauru (SP) aconteceu por acaso. O destino da viagem era, na verdade, a cidade de Ribeirão Preto (SP), onde ministraria uma palestra. No entanto, acabou gostando demasiadamente da chamada “cidade sem limites”, vindo a residir nela e a fundar a Escola Técnica de Pontes e Estradas.
Mas, o seu verdadeiro sonho era criar uma escola de ensino superior, pois no interior paulista, apenas o município de Campinas oferecia uma faculdade. Então, em 1951, criou a Faculdade de Direito de Bauru, que teve como seu primeiro Diretor o saudoso Dr. Ulisses Guimarães, amigo pessoal do Prof. Antonio Eufrásio de Toledo.
Um ano depois, inaugurou a Faculdade de Educação Física. O prédio que abrigava os dois cursos localizava-se à rua Antonio Alves, nº 9-72, centro de Bauru (SP).
Posteriormente, o Comendador Daniel Pacífico, grande personalidade bauruense, doou o terreno para a construção dos prédios que abrigariam a Instituição Toledo de Ensino (ITE). Iniciava-se o grande projeto educacional de interiorização do ensino superior também com a criação das Faculdades de Ciências Econômicas (em 1959) e de Serviço social (em 1963).
A Instituição Toledo de Ensino fundou ainda diversas unidades em outros municípios do interior paulista e também de outros Estados que, por sua vez, deram origem a centros universitários que perduram até os dias atuais, seguindo o legado deixado pelo saudoso Dr. Antonio Eufrásio de Toledo, falecido em 24 de novembro de 1978, por causa natural.


"Talvez, só Deus o sabe, seja esta mensagem de quem já se encontra no princípio do fim, ou talvez, já no fim de uma vida que foi vivida de sonhos e anseios, onde os sacrifícios não nos abateram, as dificuldades não diminuíram nosso ideal, as decepções não nos afastaram do caminho que traçamos e os amargos dias foram por nós vividos, pensando em deixar para vocês um nome, traduzido numa obra que vocês terão que concluir".
Antônio Eufrásio de Toledo


Nossa trajetória

A Instituição Toledo de Ensino despontou como projeto educacional no dia 21 de abril de 1950, com a criação da Escola Técnica de Bauru, que oferecia os cursos de Química Industrial e Pontes e de Estradas e Edificações.

Desde então, no constante trabalho de dedicado educador, o Professor Antônio Eufrásio de Toledo abria e estruturava novos cursos que pudessem ampliar as áreas do conhecimento humano, nas quais os estudantes da Instituição atuariam e viriam a contribuir para o desenvolvimento da sociedade.

Tendo como principal característica o empreendedorismo e como missão de vida proporcionar aos jovens deste país a oportunidade de construir seu próprio futuro e sua riqueza, baseados em valores éticos e de responsabilidade social, o Professor Antonio Eufrásio de Toledo não mediu esforços em buscado aprimoramento da qualidade dos serviços oferecidos pela ITE, que rapidamente se expandiu, registrando algumas datas importantes:

:: 25 de Outubro de 1951
Fundada a Faculdade de Direito de Bauru, autorizada a funcionar em Julho de 1952 e reconhecida por Decreto Federal em Outubro de 1956;

:: 05 de Fevereiro de 1952 
Reconhecidos os Cursos Técnicos pelo Governo Federal;

:: 01 de Dezembro de 1952
Autorizado o funcionamento dos cursos de Educação Física e Técnico Esportivo;

:: 06 de Novembro de 1959
Fundado o Curso de Ciências Econômicas, autorizado a funcionar em Julho de 1960, juntamente com o Curso de Ciências Contábeis, que foram reconhecidos posteriormente em Maio de 1968;

:: Setembro de 1963
Fundada a Faculdade de Serviço Social de Bauru, reconhecida por Decreto Federal em Março de 1968.

Em outubro de 1968, a ITE inaugura o seu Centro de Pós-Graduação (CPG) com o intuito de aprimoramento do corpo docente pertencente à Mantenedora e como instrumento de aproximação dos profissionais da região com o meio acadêmico. Atualmente, o CPG oferece a seus acadêmicos 13 cursos nos programas de Lato e Stricto Sensu, abragendo diversas áreas do conhecimento (Direito, Administração, Serviço Social e Interdisciplinares).

Em fevereiro de 2004, outro importante passo rumo à expansão. O Ministério da Educação (MEC), por meio de Decreto Federal, autoriza o funcionamento dos cursos de Administração com Ênfase em Sistemas de Informação, Administração com Ênfase em Comércio Exterior, Ciências Aeronáuticas com Habilitação em Pilotagem Comercial, Gestão de Negócios Imobiliários e Gestão de Pequenas e Médias Empresas, que passam a integrar o rol de graduações oferecidas pela Faculdade de Ciências Econômicas de Bauru (que já englobava os cursos de Administração de Empresas, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas).

Em fevereiro de 2006, entram em funcionamento, através de Decreto Federal também expedido pelo MEC, duas novas unidades da ITE, localizadas nos municípios de Botucatu (SP) e Ibitinga (SP). Os novos campi,de início, passam a abrigar os cursos de Direito, Administração, Administração com Ênfase em Sistemas de Informação e Administração com Ênfase em Comércio Exterior .

Em Outubro de 2010 – Credenciamento da transformação das Faculdades Isoladas (FCEB, FDB e FSSB) com seus respectivos cursos na cidade de Bauru em Centro Universitário de Bauru, pela Portaria Ministerial nº 1.211 de 04/10/2010;

Em Fevereiro de 2012 – Implantação do curso de graduação em Sistema de Informação e do curso tecnológico de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, em regime semestral, conforme Resolução nº 01/2011 do CONSU/CEUB;

Por fim, Fevereiro de 2014 – Implantação do curso de graduação em Engenharia de Produção e do curso tecnológico em Pilotagem Profissional de Aeronaves, em regime semestral, conforme Resolução nº 01/2013 do CONSU/CEUB .